Startup e Tech: Os diferentes segmentos das startups de tecnologia

O século XXI estabeleceu novos paradigmas para empresas e empreendedores, com a revolução digital, que atravessa todas as áreas, diferentes setores passaram a contar com soluções tecnológicas entregues sob medida, sobretudo, com o advento cada vez maior, e mais massivo, das startups.

Aliás, as startups são um ente da revolução digital na medida que ganharam protagonismo e notoriedade pública com a ascensão da internet, sobretudo, durante a crise das empresas ponto-com no ano 2000. Mas, além de designar uma filosofia econômica empreendedora, startup é um tipo de empresa que procura desenvolver ou aprimorar um modelo de negócios com potencial de crescimento, sendo que entre estas startups algumas valem-se da tecnologia de forma mais central que outras.

 

Startup e Techs

Atualmente, é difícil realizar a leitura de quaisquer notícias dos cadernos ou das sessões econômica de portais de notícias sem cruzar com termos de origem anglo-saxã que levam consigo o sufixo Tech: Fintechs, Lawtechs, HRtechs, para ficar apenas em alguns exemplos.

São diversos os nomes dados a essas empresas que têm como elemento comum o sufixo Tech na medida em que utilizam a tecnologia de forma protagonista a favor de um determinado segmento ou área do mercado. Há empresas de diferentes portes que fazem uso da tecnologia, mas particularmente no mundo das startups a filosofia empreendedora encontrou nas Techs uma forma de colocar em prática algum de seus principais valores: inovação, disrupção e agilidade na produção de soluções com investimentos muitas vezes menores.

Na kadmotek temos o prazer de participar de pelo menos três startups que se enquadram nos ramos das Techs, citados acima, além de carregarmos por meio de nossos fundadores uma experiência sólida no mundo das Fintechs, uma das Techs a ter maior visibilidade dentre as demais.

 

Fintech

O acelerado crescimento de algumas das empresas de setor é responsável por popularizar o termo Fintech, afinal você já deve ter lido ou ouvido falar no Neon, Nubank, PagSeguro, GuiaBolso, Picpay, entre vários outros exemplos. Cunhado para designar empresas que atuam sobre problemas financeiros, só no ano de 2020 o segmento teve crescimento de 34%. As empresas desse setor atuam na oferta de métodos de pagamento mais dinâmicos, serviços mais eficientes e estão focadas em aprimorar a qualidade e eficiência do setor financeiro por meio da tecnologia.

A kadmotek participou através do seu fundador desde a constituição da ConsigaMais+, a maior Fintech de crédito consignado privado,  que foi adquirida pelo Neon, e aguarda somente a autorização do BACEN, para efetivar a aquisição.

 

 

Legaltech ou Lawtech

Ambos os termos são alternativas para designar empresas que desenvolvem produtos ou soluções tecnológicas para o mercado jurídico. A Beelegal, startup alavancada pela Kadmotek, é um exemplo de startup que atua sobre aspectos da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), através de um software desenvolvido exclusivamente para atender as necessidades do mercado legal nacional.

De forma geral, as empresas intituladas Lawtech ou Legaltech serviços que se baseiam em dados que tornam mais simples a vida e acompanhamento de aspectos legais e jurídicos, podendo atuar por meio de um software, uma consultoria, entre outros exemplos.

 

HRtech

Já as empresas que atuam com tecnologia no campo dos recursos humanos ou da gestão de pessoas, são intituladas HRtech. Na kadmotek temos como exemplo a Arturos, startup focada na promoção de recursos, por meio da tecnologia, que tornam o dia a dia mais simples, de qualquer gestor da área de recursos humanos, ou como em algumas empresas batizaram, área de gente. Empresas HRtech tendem a facilitar a interface com os funcionários e colaboradores da empresa procurando trazer resultados no desempenho das funções e na produção de indicadores práticos para a gestão, além de apoiar no processo de comunicação com os colaboradores.

 

Tech para todos os nichos

Diante da profissionalização do mercado e da oferta cada vez mais ascendente de soluções técnicas e realizadas por especialistas, é natural que aumentem o número de Techs para segmentos diversos Nanotechs, Retailtechs, Biotech, Insurtech , Healthtech, Midiatech, enfim são incontáveis os modelos de negócios que entenderam que a tecnologia tem papel central no mundo contemporâneo.

 

Basta existir uma dor em um segmento, e um empreendedor, ou empreendedores, dispostos a criar ou melhorar um processo, com uma visão disruptiva, para nascer uma startup, e para cada fase existe alguém disposto a acreditar nessa ideia.

 

 

Compartilhar:

WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Facebook

Mais artigos

ESTAMOS A CAMINHO DA ERA DA CRIPTOECONOMIA?

Que a tecnologia impactou o mercado financeiro, não é novidade. Desde 1990, com o surgimento e rápido crescimento da internet, o mercado financeiro passou por grandes mudanças, desde o surgimento de novos produtos, até novas formas de se relacionar com o cliente e novos modelos de negócios.

PRIVACY BY DESIGN NAS STARTUPS

O conceito de “privacidade desde a concepção” tornou-se mais proeminente nos últimos anos, à medida que o Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) aumentou as preocupações das empresas sobre questões de privacidade nos seus processos, especialmente em relação à oferta de produtos e serviços ao mercado. A metodologia visa incorporar a privacidade em práticas, tecnologias e sistemas, e ainda serve como diretriz para a criação de novos produtos e serviços.

A IMPORTANCIA DO FOMENTO AO EMPREENDEDORISMO FEMININO

É impossível falar de empreendedorismo feminino sem entender a motivação por trás de quem empreende, se a ideia empreendedora veio por oportunidade ou necessidade. Por exemplo, um empreendedor que tem a oportunidade de abrir um negócio estando em uma situação “confortável” seja por investimento interno ou recursos próprios.

Idioma »