SPRINT KADBLOG: retrospectiva e próximo


4 semanas de kadblog! Volto para fazer um catch up:

  • Origem –  Por que  Kadmotek?
  • Sprint – no nosso desenvolvimento ágil não poderíamos ficar sem a retrospectiva do nosso primeiro sprint;
  • Próximo Sprint – o que está por vir sem dar spoiler.

KADMOTEK – A origem do nome

Na Grécia antiga, três cidades estados se destacaram:

Até hoje, muitas vezes ainda ouvimos sobre Esparta e Atenas, uma por seus guerreiros e outra por todo o legado filosófico. 

Por que Tebas é pouco comentada?

Talvez porque fosse o centro comercial da Grécia.

Estudando essa cidade cheguei em Cadmo, príncipe grego que teve sua  irmã Europa sequestrada por um Deus. A pedido do seu pai Agenor, saiu em busca da irmã, mas ao se aconselhar com o oráculo Delphus, fundou uma cidade chamada Cadmeia, que foi o primeiro nome de Tebas. Não vou rechear os detalhes dessa jornada, mas a Kadmotek, como Cadmo, também tem a missão de construir, não cidades, mas startups.A Kadmotek é uma venture capital que apoia a construção de muitas techs.

1º SPRINT – RETROSPECTIVA

No artigo Partiu!!!, que inaugurou o kadblog, escrevi que teríamos artigos relevantes para startups e, acredito que nossos convidados cumpriram com louvor a nossa promessa:

  • Inspiração – A origem de uma startup, Cadê Guincho
  • Riscos – Uma reflexão sobre riscos e oportunidade de investir em uma startup
  • RH KPIs – Uma das máximas no mundo de startups é que o nosso maior capital é humano e por que não debater que não basta ter indicadores, mas é necessário analisar?
  • Autoconhecimento – O debate sobre investimento nos levou ao ensinamento mais importante para uma carteira, a busca do autoconhecimento, característica presente nos empreendedores de startups visto que nessa jornada conheci muitos que eram autodidatas
  • Reconstrução do Varejo – Uma startup sempre está em busca de oportunidades e nada como um mercado que passa por desafios gigantes para estimular a criatividade das startups
  • Fintechs – Entre as startups, as fintechs são as que têm maior destaque na mídia e no mercado financeiro. Tivemos uma análise darwiniana entre mudar ou morrer
  • Investimento em startups – Não basta um BP (business plan), esse artigo é uma fonte para preparar os empreendedores que querem partir nessa jornada

PRÓXIMO SPRINT

A nossa expectativa é que o kadblog crie um conteúdo relevante para a comunidade de startups e para todos aqueles que tem espírito empreendedor, com a contribuição de nossos convidados, que tem know-how para serem mentores de startups, pois todos têm uma experiência reconhecida em seus mercados de atuação.

Temos o compromisso de gerar conteúdo para pessoas em posições  de gestão,  liderança e a todos os interessados em ter uma visão estratégica.

No próximo mês nossos convidados trarão mais reflexões interessantes para #inspirar os empreendedores e as startups! Aguardem a contribuição do Victor Loyola, coCEO da Consigamais, uma das empresas que tem a participação da Kadmotek.

E por último, nas próximas semanas, direto do KADLAB, uma nova startup investida, uma lawtech, prepare seu pitch!

Compartilhar:

WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Facebook
  • One thought on “SPRINT KADBLOG: retrospectiva e próximo

Deixe um comentário

Mais artigos

OPEN FINANCE – O PODER DA INCLUSÃO A UM CLICK

O desenvolvimento do nosso ecossistema financeiro vem sendo muito elogiado no mundo inteiro. Para se ter uma ideia da importância dessa agenda, o PIX tem mais de 141 milhões de pessoas com suas chaves e 12,7 milhões de empresas que usam o sistema de pagamento diariamente. O volume transacionado foi de mais de R$ 3,8 bilhões, tornando-o principal meio de pagamento utilizado pelos clientes.

ESTAMOS A CAMINHO DA ERA DA CRIPTOECONOMIA?

Que a tecnologia impactou o mercado financeiro, não é novidade. Desde 1990, com o surgimento e rápido crescimento da internet, o mercado financeiro passou por grandes mudanças, desde o surgimento de novos produtos, até novas formas de se relacionar com o cliente e novos modelos de negócios.

PRIVACY BY DESIGN NAS STARTUPS

O conceito de “privacidade desde a concepção” tornou-se mais proeminente nos últimos anos, à medida que o Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) aumentou as preocupações das empresas sobre questões de privacidade nos seus processos, especialmente em relação à oferta de produtos e serviços ao mercado. A metodologia visa incorporar a privacidade em práticas, tecnologias e sistemas, e ainda serve como diretriz para a criação de novos produtos e serviços.

Idioma »