SPRINT 014 – SF3: a nova Santana Financeira

Inicio essa sprint com um assunto que está no meu squad pessoal, pois me sinto honrado de, como conselheiro da Santana Financeira, nesse último 1,5 ano, participar do movimento realizado por Joao Carita e Joca Carita rumo a uma nova Santana Financeira. O marco dessa nova fase foi dia 10 de junho, com a live oficial de divulgação da nova marca. 

 

Acompanho essa história desde a época que o senhor João Caritá era diretor de uma instituição financeira especializada em sistemas de crédito de veículos, e o Joca era estagiário na mesa de operações, e eu, programador de uma software house mineira. Tive a oportunidade de participar de toda a história do grupo e, anos depois, como fornecedor de sistemas, e acredito que muitas pessoas do mercado financeiro desconhecem, mas importantes fintechs atuais, nasceram na Santana Financeira, que foi o berço de seus MVP´s.

 

A SF3, novo nome da instituição, se apresenta como uma solução de crédito para micro e pequenos negócios. Na mídia especializada sempre se tem destaque, que a facilidade para o crédito no Brasil é inversamente proporcional ao seu tamanho, em um País onde o fomento para os menores é precário, a SF3 já nasce com histórico de atuação de décadas, mas, afinal, qual é a mudança que podemos esperar desse movimento, é só uma nova identidade visual? Posso compartilhar que não! Nesses 2 anos, durante um período que todos nós passamos pela maior crise sanitária que o mundo já viveu, onde lá no início da pandemia muito se dizia sobre um “novo normal”, foi o período que consolidou uma nova cultura nesse grupo, o manifesto da empresa é concluído com a frase: SF3 é uma marca parceira dos empreendedores. Isso só é possível porque hoje o ambiente está construído baseado na parceria entre todos que participam da companhia, alinhados a uma cultura de propósito, e posso afirmar que quem entrar hoje na SF3 irá sentir um ambiente que preza pela confiança entre os profissionais.

 

Acompanhe a live abaixo e veja os detalhes dessa mudança. A live também contou com a participação de João Anacleto , jornalista especializado no mercado de veículos, destaco na live a discussão sobre os carros elétricos, confrontando com alguns entusiastas.

 

 

O nosso sprint contou com dois novos colunistas Adalberto Bem Haja e Aciane Marino, os quais agradeço por embarcarem nessa jornada de compartilhar conhecimento e experiência com o ecossistema de startups.

 

14º SPRINT – RETROSPECTIVA

Segue o SQUAD das últimas 4 semanas entregues nesse Sprint:

  • Startup a busca do equity – parte II  desafios de um MVP –Gabriel Azevedo – Na segunda parte da jornada de nosso autor sobre a busca do equity, temos a descrição dos desafios de um MVP, e para isso que tal conhecer: MVP Concierge; MVP Funcional; MPV Mágico de OZ; MVP Protótipo; MVP Duplo (um dos meus favoritos), um pouco do livro “A startup Enxuta” de Eric Ries.
  •  

1. Quais foram os impactos para vocês na captação das startups com esse cenário econômico?

2. Quais as alternativas que vocês podem sugerir para as startups nesse ambiente stressado?

3. Para 2023, o mercado espera a redução do juros, e teremos um novo presidente, quais as perspectivas que vocês visualizam para o nosso ecossistema, com essas mudanças?

4. Independente do cenário econômico, o processo de captação de todos as VCs tem um playbook, vocês poderiam compartilhar pontos que hoje vocês julgam como fundamentais nos pitchs das startups?

 

E durante o encontro nossos convidados responderam às perguntas ao vivo do chat.


  • Inovação: como colocar a ideia em prática Leonardo Grapeia  – O desafio da inovação conceituado em amplificadores: Comparação; Materialização; Storytelling; Sinalizar; Pressão social e Comprometimento. Será que a inovação é treino, ou método? O quanto esses amplificadores podem nos beneficiar.

PRÓXIMO SPRINT

Para a próximo sprint, além dos nossos artigos, teremos também a live dia 27/06 às 18:30h com o tema Tendências do mercado brasileiro de lawtechs, com a participação de Cristina DonadioCarlos Akira Sato e Nícolas FabeniPartiu!

Compartilhar:

WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Facebook

Mais artigos

OPEN FINANCE – O PODER DA INCLUSÃO A UM CLICK

O desenvolvimento do nosso ecossistema financeiro vem sendo muito elogiado no mundo inteiro. Para se ter uma ideia da importância dessa agenda, o PIX tem mais de 141 milhões de pessoas com suas chaves e 12,7 milhões de empresas que usam o sistema de pagamento diariamente. O volume transacionado foi de mais de R$ 3,8 bilhões, tornando-o principal meio de pagamento utilizado pelos clientes.

ESTAMOS A CAMINHO DA ERA DA CRIPTOECONOMIA?

Que a tecnologia impactou o mercado financeiro, não é novidade. Desde 1990, com o surgimento e rápido crescimento da internet, o mercado financeiro passou por grandes mudanças, desde o surgimento de novos produtos, até novas formas de se relacionar com o cliente e novos modelos de negócios.

PRIVACY BY DESIGN NAS STARTUPS

O conceito de “privacidade desde a concepção” tornou-se mais proeminente nos últimos anos, à medida que o Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) aumentou as preocupações das empresas sobre questões de privacidade nos seus processos, especialmente em relação à oferta de produtos e serviços ao mercado. A metodologia visa incorporar a privacidade em práticas, tecnologias e sistemas, e ainda serve como diretriz para a criação de novos produtos e serviços.

Idioma »