SPRINT 007 – SABBATICAL-OFFICE AT CHICAGO

Escrevi esse balanço em Chicago, onde nosso ministro da economia ministrou aulas na área financeira. Antes dessa viagem não tinha a noção que é a cidade reconhecida  como uma das mais educadas cidades norte-americana, a 3ª maior cidade dos EUA e tem vários problemas conhecidos de grandes centros urbanos, mas nessa passagem posso compartilhar que é um lugar nos EUA onde o tratamento é muito amigável e educado.

 

O meu sabatic-office não permite desligar do nosso ambiente de startups, inclusive em um evento que participei da  BossaNova Invest, um dos convidados mencionou como o mercado brasileiro de startups está mais aquecido com a chegada de venture capital americanas, que inflacionam o nosso mercado, pois estão acostumados a gastar US$ 200 mil/ano por desenvolvedor e US$ 350 mil/ano por gerente comercial de Techs, o desafio é equilibrar os investimentos, pois excesso de capital em terras tupiniquins, pode induzir ao erro, alguns founders que estão em fase de SEED Capital.

 

O Brasil corre o risco de um apagão de energia, mas em tecnologia o apagão já chegou. Os últimos números apresentados são de um déficit de 400 mil profissionais de tecnologia no Brasil, e  agora tem mais um novo entrante, que são as empresas estrangeiras também procurando profissionais no Brasil.

 

Na minha humilde opinião, temos a tempestade perfeita, oportunidade para quem tem vontade e se prepara para criar oportunidades.

 

Nessa retrospectiva contamos com mais um novo convidado Manoel Rodrigues Jordao, que detalha as Fintechs de crédito, inegável o paralelo com os CorBans, um artigo explicando mais ações do BACEN.

 

 

7º SPRINT – RETROSPECTIVA

 

Essa SQUAD entregou 8 artigos, segue a minha retrospectiva:

 

  • Banco do Brasil entra no Venture CapitalCarlos Akira Sato detalha os últimas pesquisas sobre investimentos em startups e ainda traz mais uma opção para captação, o Banco do Brasil com seu novo fundo para startups e com uma estratégia em linha com sua estratégia de negócio.

 

 

 

 

 

  • Liderança humanizadaAlexandre Marques artigo reflexivo sobre o resgate da nossa humanidade, tanto se avançou nas áreas do conhecimento e tecnologia, onde a humanização é uma resposta sistêmica e social para curar essa sociedade.

 

 

 

 

PRÓXIMO SPRINT

 

A expectativa é concluir a entrada em uma nova startup no portfolio da Kadmotek, e organizar a nossa 1ª live em novembro.

 

Essa foi mais uma retrospectiva, amigos leitores, agradeço as curtidas e comentários, só assim esse conteúdo irá continuar tendo maior visibilidade nas redes.

 

Até o nosso próximo sprint.

 

Compartilhar:

WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Facebook

Mais artigos

ESTAMOS A CAMINHO DA ERA DA CRIPTOECONOMIA?

Que a tecnologia impactou o mercado financeiro, não é novidade. Desde 1990, com o surgimento e rápido crescimento da internet, o mercado financeiro passou por grandes mudanças, desde o surgimento de novos produtos, até novas formas de se relacionar com o cliente e novos modelos de negócios.

PRIVACY BY DESIGN NAS STARTUPS

O conceito de “privacidade desde a concepção” tornou-se mais proeminente nos últimos anos, à medida que o Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) aumentou as preocupações das empresas sobre questões de privacidade nos seus processos, especialmente em relação à oferta de produtos e serviços ao mercado. A metodologia visa incorporar a privacidade em práticas, tecnologias e sistemas, e ainda serve como diretriz para a criação de novos produtos e serviços.

A IMPORTANCIA DO FOMENTO AO EMPREENDEDORISMO FEMININO

É impossível falar de empreendedorismo feminino sem entender a motivação por trás de quem empreende, se a ideia empreendedora veio por oportunidade ou necessidade. Por exemplo, um empreendedor que tem a oportunidade de abrir um negócio estando em uma situação “confortável” seja por investimento interno ou recursos próprios.

Idioma »