O RH e a análise de Processos por Indicadores, quais resultados e valores a adoção desta estratégia pode agregar ao seu negócio?


Circulando atualmente pelas esferas do mundo corporativo, este questionamento elenca uma série de dúvidas na decisão de qual estratégia abordar, mas antes de qualquer abordagem, a pergunta ideal que sugiro a qualquer player nesta situação seria uma pergunta para auto avaliação: “Como podemos obter uma medição ideal de nossos processos e determinar predições, sem não antes entender os componentes que são abordados através de uma estratégia que avalia desde o comportamento de nossos recursos humanos até o desdobramento do impacto financeiro empresarial causado por um desligamento de um profissional chave na empresa?”

Saber compreender os sinais de alerta quando uma área possui uma grande quantidade de profissionais solicitando desligamento, ou até mesmo quando existe um alto volume de horas extras sendo consumidas para um determinado processo ou por uma área específica é vital para o negócio!

Esse e tantos outros questionamentos interpretados através da análise de dados pode nos trazer respostas valiosas para uma melhoria contínua nas organizações, obtendo como resultado benefícios financeiros, processuais, de competitividade no mercado e principalmente aos profissionais envolvidos (capital humano).

Para essa análise ser realizada é necessário customizar a composição do cenário de acordo com o segmento do negócio, mas com informações básicas já se obtém respostas para formarmos um set de indicadores, e neste texto vou citar como exemplo a avaliação do input Financeiro versus  Produtividade, este primeiro cenário já nos leva a  analisar dados financeiros (input) versus o salário, benefícios, prêmios e horas extras (output) dos profissionais envolvidos no engajamento daquele processo ou área.

Como resultado, viabiliza a melhor tomada de decisão na avaliação da continuidade dos negócios, matéria prima e recursos da companhia. Parece simples, mas as composições desses valores são oriundas de uma série de fontes podendo ser elas sistêmicas ou manuais. Fato que uma empresa pode ter um sistema de faturamento e finanças, outro para controle de horário, outro para produtividade e outro para folha de pagamento, etc.

Esse é o maior desafio para avaliarmos o famoso crédito e débito, e definições surgem para direcionarmos qual o melhor plano de ação a ser adotado, então deixo aqui algumas perguntas para reflexão:

  • Qual área da empresa gera maior quantidade de horas extras?
  • Como reduzi-las gerando maior rentabilidade?
  • Podemos automatizar atividades que despendem de horas adicionais ou de mão de obra extremamente operacional?
  • Se avaliarmos as competências dos profissionais envolvidos, deveríamos trazer novos talentos com menor custo e mais engajamento?
  • Não seria o momento ideal para revisões contratuais com nossos fornecedores de benefícios?
  • Podemos traçar uma meta e plano de ação para alcançar o objetivo da companhia?

Essas entre tantas outras questões podem ser elencadas na avaliação para a companhia e que deve ser revisada mensalmente, já que a organização e o mercado se movimentam constantemente e a não percepção destas mudanças podem causar impactos significativos.

Precisamos ter embasamento do que está acontecendo, ser transparentes no agora e sempre agir com bom senso. Precisamos traduzir as necessidades do negócio, estimular com perguntas os gestores e assim pensar em soluções. Essas por vez, precisam ser rápidas, ágeis e coerentes para atender a alta volatilidade que vivemos.

Essas são questões iniciais que devem ser levantadas e discutidas pela gestão direcionando como uma bússola para tomada de decisões mais assertivas, assim como outras análises guiadas por indicadores, mas isso deixarei para minha próxima postagem!

Compartilhar:

WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Facebook
  • One thought on “O RH e a análise de Processos por Indicadores, quais resultados e valores a adoção desta estratégia pode agregar ao seu negócio?

  1. Excelente abordagem. As empresas que têm o RH com esta visão ampla do negócio, se utilizando inclusive de indicadores, são as que conseguem imprimir grande diferencial no mercado.

Deixe um comentário

Mais artigos

ESTAMOS A CAMINHO DA ERA DA CRIPTOECONOMIA?

Que a tecnologia impactou o mercado financeiro, não é novidade. Desde 1990, com o surgimento e rápido crescimento da internet, o mercado financeiro passou por grandes mudanças, desde o surgimento de novos produtos, até novas formas de se relacionar com o cliente e novos modelos de negócios.

PRIVACY BY DESIGN NAS STARTUPS

O conceito de “privacidade desde a concepção” tornou-se mais proeminente nos últimos anos, à medida que o Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) aumentou as preocupações das empresas sobre questões de privacidade nos seus processos, especialmente em relação à oferta de produtos e serviços ao mercado. A metodologia visa incorporar a privacidade em práticas, tecnologias e sistemas, e ainda serve como diretriz para a criação de novos produtos e serviços.

A IMPORTANCIA DO FOMENTO AO EMPREENDEDORISMO FEMININO

É impossível falar de empreendedorismo feminino sem entender a motivação por trás de quem empreende, se a ideia empreendedora veio por oportunidade ou necessidade. Por exemplo, um empreendedor que tem a oportunidade de abrir um negócio estando em uma situação “confortável” seja por investimento interno ou recursos próprios.

Idioma »