EDITAL DE ACELERAÇÃO TEM FOCO EM FINANÇAS E DESIGN DE PRODUTOS

Chegamos ao fim da 6° semana do 3° Edital de Aceleração de Novas Ideias com mentorias focadas em diferentes aspectos de finanças e design de produtos.

 

 

Nas reuniões dessa semana tivemos Pedro Caldeira, Business Developer da Booming, falando sobre Design de Produto e, para falar sobre finanças, trouxemos Leonardo Machado, CFO da StartLaw, Rodrigo Colin, CEO da Proos, Ricardo Hiraki, Co-founder e CEO da Plano Fintech e Waldir Souza, Founder e CEO da TRIBUTEI.

 

Pedro Caldeira nos contou sobre o que é inovação, o que é um produto viável, desejável e possível e como devemos pensar sempre na experiência do cliente, ouvir, buscar feedbacks e estar em processo constante de melhoria. Isso porque, mais importante que apenas vender uma solução, é vender uma solução que venha a suprir a necessidade do seu cliente. Ele também trouxe o conceito de Design Thinking e o processo de “descobrir-definir-idear-construir-testar” um novo produto e, nos ensinou como ter a participação ativa do cliente neste processo, tornando-o muito mais eficiente.

 

Rodrigo Colin e Leonardo Machado, por sua vez, compartilharam muito acerca do tema “Finanças estratégicas para startups”, em uma mentoria repleta de dicas valiosas para os participantes! Explicaram sobre como implementar uma ferramenta de gestão financeira, definir categorias de contas para relatórios gerenciais, como funciona a emissão de notas fiscais e a importância de cadastrar e registrar clientes e fornecedores. Falaram também sobre fluxo de documentos, conciliação bancária, apuração de resultados, fluxo de caixa e controle de investimentos.

 

 

Ainda no calcanhar de Aquiles de toda startup, o setor financeiro, os mentores Ricardo e o Waldir, também vieram para agregar neste assunto. Na conversa foram discutidos pontos como, modelo de negócio e seu processo de regulamentação, a importância de usar o processo de validação para testar possíveis projetos, para que se errar em algo, possa corrigi-la rapidamente, além de pontos como: definição de pró-labore, definição de canal de vendas, definição de indicadores financeiros e planejamento financeiro. Também mostraram como devemos manter o setor financeiro em sincronia com os outros setores da empresa e tratá-la dessa forma, apenas como mais um setor, e não algo à parte da operação, mantendo uma visão estratégica, realista e com objetivos bem definidos.

 

Isso é um pouco do que rolou na última semana de Edital e, estamos cada vez mais satisfeitos com os resultados das mentorias na vida profissional dos participantes. O propósito do Edital de Aceleração é trazer à tona assuntos com expressivo valor para novos empreendedores, ensinados por mentores com experiência e conhecimento nessas áreas, e sem dúvida o propósito vem sendo cumprido!

 

Semana que vem tem muito mais!

 

 

Compartilhar:

WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Facebook

Mais artigos

OPEN FINANCE – O PODER DA INCLUSÃO A UM CLICK

O desenvolvimento do nosso ecossistema financeiro vem sendo muito elogiado no mundo inteiro. Para se ter uma ideia da importância dessa agenda, o PIX tem mais de 141 milhões de pessoas com suas chaves e 12,7 milhões de empresas que usam o sistema de pagamento diariamente. O volume transacionado foi de mais de R$ 3,8 bilhões, tornando-o principal meio de pagamento utilizado pelos clientes.

ESTAMOS A CAMINHO DA ERA DA CRIPTOECONOMIA?

Que a tecnologia impactou o mercado financeiro, não é novidade. Desde 1990, com o surgimento e rápido crescimento da internet, o mercado financeiro passou por grandes mudanças, desde o surgimento de novos produtos, até novas formas de se relacionar com o cliente e novos modelos de negócios.

PRIVACY BY DESIGN NAS STARTUPS

O conceito de “privacidade desde a concepção” tornou-se mais proeminente nos últimos anos, à medida que o Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) aumentou as preocupações das empresas sobre questões de privacidade nos seus processos, especialmente em relação à oferta de produtos e serviços ao mercado. A metodologia visa incorporar a privacidade em práticas, tecnologias e sistemas, e ainda serve como diretriz para a criação de novos produtos e serviços.

Idioma »